DISC | Aceitação Das Diferenças Favorecendo As Relações

Tempo de leitura: 18 minutos

O conceito DISC tornou-se o suprassumo na gestão de pessoas e processos de coaching.

Mas o que é DISC?

A teoria DISC (Dominance Influence Steadiness Compliance) examina e tenta identificar as tendências comportamentais inerentes à cada pessoa, para proporcionar o entendimento necessário de si mesmo e dos outros, melhorando a capacidade de adaptação dos indivíduos a diferentes situações.

É baseada em 4 fatores: Dominância, Influência, Estabilidade e Conformidade.

Dominância

É o fator do controle e da assertividade.

Indica como o indivíduo age mediante desafios.

Pessoas com um alto grau de Dominância são competitivas e decisivas, são voltadas para os resultados, embora possam ser exageradas e pouco diplomáticas.

Influência

É o fator dos relacionamentos pessoais e comunicação.

Indica como a pessoa influencia e é influenciada.

Pessoas com Influência elevada são sociáveis e desenvolvem boas relações, embora não sejam muito realistas.

Estabilidade

Diz respeito à paciência e lealdade.

Indica a reação diante de mudanças.

Pessoas com um alto S são metódicas, demonstram interesse em uma conversa e são constantes, mas tem dificuldades em aceitar mudanças e cedem com mais facilidade.

Conformidade

É o fator do detalhe e dos fatos.

Mostra o modo de lidar com regras e procedimentos.

Pessoas com um alto C são analíticas e críticas, podendo ser pessimistas e defensivas.

Hoje com o aumento das preocupações da área de seleção e contratação de pessoas, muitas empresas utilizam ferramentas baseadas nessa teoria para aumentar as chances de acerto na hora da inclusão do funcionário.

São usadas também para melhorar a capacidade de liderança de gestores, para melhoramento do clima organizacional, da comunicação, para adequação de cargos etc.

Essas ferramentas geralmente são baseadas em perguntas e respostas, que devem ser respondias com sinceridade.

Cruzando as informações obtidas, geram um relatório que traduz em palavras e gráficos o perfil comportamental da pessoa.

DISC

Como surgiu o DISC

Marston era um advogado e um psicólogo.

Ele também contribuiu para o primeiro teste de polígrafo, autor de livros de auto-ajuda e criou o personagem Wonder Woman.

Sua principal contribuição para a psicologia veio quando ele gerou as características DISC das emoções e do comportamento das pessoas normais (na época, normal tinha o significado de típico em vez de um antônimo de anormal).

Marston, depois de realizar pesquisas sobre emoções humanas, publicou suas descobertas em seu livro de 1928 intitulado Emoções de pessoas normais, nas quais ele explicou que as pessoas ilustram suas emoções usando quatro tipos de comportamento:

Dominância (D), Indução (I), Envio (S) e Conformidade (C).

Além disso, ele argumentou que esses tipos comportamentais eram do senso das pessoas e da sua interação com o meio ambiente.

Ele incluiu duas dimensões que influenciaram o comportamento emocional das pessoas.

A primeira dimensão é se uma pessoa vê seu ambiente como favorável ou desfavorável.

A segunda dimensão é se uma pessoa se percebe como tendo controle ou falta de controle sobre seu ambiente.

Seu trabalho foi o alicerce da avaliação DISC, utilizada por mais de 50 milhões de pessoas desde que foi introduzida pela primeira vez, em 1972.

Embora Marston tenha contribuído para a criação da avaliação DISC, ele não a criou.

Em 1956, Walter Clarke, psicólogo industrial, construiu a avaliação DISC usando a teoria de Marston do modelo DISC.

Ele fez isso publicando a Activity Vector Analysis, uma lista de verificação de adjetivos sobre a qual pediu que as pessoas indicassem descrições precisas sobre si mesmas.

Esta avaliação foi destinada a ser utilizada em empresas que precisam de assistência na escolha de funcionários qualificados.

A evolução do DISC

Cerca de 10 anos depois, Walter Clarke Associates desenvolveu uma nova versão deste instrumento.

Foi chamado Self Description.

Em vez de usar uma lista de verificação, este teste obrigou os entrevistados a fazer uma escolha entre dois ou mais termos.

A análise de fatores dessa avaliação foi adicionada ao suporte de um instrumento baseado em DISC.

O Self Description foi usado por John Geier para criar o Sistema de Perfil Pessoal original na década de 1970.

Através de centenas de entrevistas clínicas, ele promoveu a compreensão dos 15 padrões básicos descobertos por Clarke.

Desde então, vários editores atualizaram e / ou geraram suas próprias versões da avaliação DISC.

Em 1984, a dissertação de doutorado de Jack Morrison, Um Estudo de Correlação do Sistema de Perfil Pessoal com o Questionário de Fator de Personalidade de dezesseis, concluiu que o DISC possui validade de construção com correlações significativas em relação aos 16 PF, sugerindo fortemente que possui validade científica como instrumento psicométrico.

O uso da Metodologia DISC

Essa é uma maneira poderosa de entender pessoas e seus tipos de personalidade!

Cada pessoa tem um único traço de personalidade.

A perspectiva de cada pessoa é incorporada em quem eles são.

Algumas pessoas chamam de “personalidade” e alguns se referem a ela como “temperamento”.

Já percebeu o quão diferente que sua família e amigos podem ser de você? Se você é como eu, você se perguntou: “Por que eles fizeram isso?” ou “O que eles estavam pensando?”

O ponto de partida para entender as pessoas é aceitar um simples fato:

Todos não são como você!

Você já falou o mesmo com duas pessoas e recebeu duas reações totalmente diferentes?

Como dizer que as mesmas palavras produzem resultados tão diferentes?

Cada pessoa “ouviu” você de forma diferente com base em seu estilo de personalidade!

Você disse o mesmo, mas o que elas “ouviram” era diferente.

Diferente não é ruim, é simplesmente diferente!

A falta de compreensão de nós mesmos e de outros pode levar a problemas reais, como tensão, desapontamento, sentimentos feridos, expectativas insatisfação e má comunicação.

Como você sabe, é difícil trabalhar com um problema, especialmente se você não entende o que está acontecendo dentro da mente de outra pessoa.

Existe uma maneira simples de entender as pessoas!

A boa notícia é que existe uma chave simples para entender como as pessoas se comportam e como elas estão motivadas.

Chamamos o conceito “O modelo DISC de comportamento humano”.

Esse conceito permitirá que você desbloqueie o mistério por trás do desenvolvimento de habilidades boas e criando melhores relacionamentos.

Você poderá usar o que você aprende para reduzir conflitos, melhorar a produtividade e se relacionar com outras pessoas de forma mais eficaz.

Baseando-se em um modelo de “bem-estar”

Muitos modelos comportamentais se concentram no que há de errado com uma pessoa para identificar “transtornos de personalidade”.

O modelo DISC baseia-se no comportamento normal e não no comportamento anormal.

DISC é um “modelo de bem-estar” que é objetivo e descritivo em vez de subjetivo e julgador.

Portanto, DISC é uma maneira prática de entender a si mesmo e aqueles que estão nas configurações comuns da vida cotidiana.

DISC

Uma Abordagem Positiva

O modelo de bem-estar DISC é um bom quadro para a compreensão das pessoas.

DISC deve ser usado de forma positiva para encorajar uma pessoa a ser o seu melhor – não como uma forma de “rotular” alguém.

Relacionamentos saudáveis e positivos vêm de uma compreensão precisa de si mesmo e de outros.

DISC é uma ferramenta poderosa para obter uma nova apreciação pelos nossos estilos de personalidade e o efeito em nossas vidas diárias.

O modelo de personalidade DISC pode ser aplicado com quatro idéias principais que permitem que ele seja usado adequadamente como uma ferramenta eficaz e encorajadora:

Utilizar uma abordagem positiva para destacar e encorajar uma pessoa a utilizar suas forças

Utilizar uma abordagem positiva para abordar os possíveis pontos fracos de uma pessoa, sem assumir que existe uma fraqueza

Reconhecer que cada pessoa possui uma mistura única de todos os principais traços de personalidade em maior ou menor grau

Reconhecer que os padrões comportamentais são fluidos e dinâmicos à medida que uma pessoa se adapta ao seu ambiente.

Ser capaz de identificar e articular seus pontos fortes pode ser muito capacitador.

Ser capaz de identificar e descobrir carências, também pode ser muito capacitador!

Então, agora que você sabe mais sobre o conceito DISC e a importância de ter uma abordagem positiva e flexível, continue lendo este artigo e veja o quanto esta ferramenta é útil nas organizações, aplicável a todos os escalões.

As empresas utilizam a avaliação DISC como uma forma de pesquisar potenciais funcionários, com o pensamento de que um certo tipo de personalidade seria melhor ou pior em certos empregos ou cargos.

O melhor uso do DISC é aprender mais sobre si mesmo, outros e sobre como lidar com situações em que os relacionamentos interpessoais estão envolvidos.

Algumas versões mais específicas da avaliação DISC ajudarão a entender como uma pessoa provavelmente reagiria em uma equipe específica, gerenciamento ou situação de liderança, dado seu estilo DISC.

A avaliação foi usada para determinar as habilidades de liderança de uma pessoa.

Existem diferentes métodos de liderança e estilos que coincidem com cada tipo de personalidade, o que poderia ajudar os líderes a serem mais eficazes.

O DISC também foi usado para ajudar a determinar um curso de ação ao lidar com problemas como equipe de liderança, ou seja, levando em consideração os vários aspectos de cada tipo ao resolver problemas ou atribuir empregos.

Em versões muito antigas, os padrões Underperform e Overperform identificaram quando a pessoa que estava sendo testada selecionou todas as opções ruim ou boa, respectivamente.

Esses dois padrões foram removidos no início dos anos 90.

A ferramenta de avaliação DISC avançou para identificar 15 padrões (estilos comportamentais).

Nas versões avançadas mais recentes do DISC, muitos outros padrões são identificados.

A DISC é a principal ferramenta de avaliação pessoal utilizada por mais de 1 milhão de pessoas por ano para melhorar a produtividade do trabalho, o trabalho em equipe e a comunicação.

O perfil DISC é uma ferramenta sem julgamento, usada para discutir as diferenças comportamentais das pessoas.

Se você participar de um programa DISC, você será convidado a completar uma série de perguntas que produzem um relatório detalhado sobre sua personalidade e comportamento.

Importância do DISC

O modelo DISC fornece uma linguagem comum que as pessoas podem usar para se entender melhor e adaptar seus comportamentos com os outros – dentro de uma equipe de trabalho, um relacionamento de vendas, uma posição de liderança ou outros relacionamentos.

Os perfis DISC ajudam você e sua equipe:

  • Aumente o seu autoconhecimento – como você responde ao conflito, o que o motiva, o que causa estresse e como você resolve problemas
  • Melhore as relações de trabalho ao reconhecer as necessidades de comunicação dos membros da equipe
  • Facilite um melhor trabalho em equipe e ensine conflitos produtivos
  • Desenvolva habilidades de vendas mais fortes, identificando e respondendo aos estilos de clientes
  • Gerencie de forma mais eficaz, entendendo as disposições e as prioridades dos funcionários e membros da equipe
  • Torne-se líderes mais autoconhecidos, bem planejados e eficazes

As vantagens da avaliação comportamental

O DISC é uma ferramenta fácil de entender e eficaz para:

  • Construir equipes produtivas
  • Desenvolver gerentes, supervisores, líderes efetivos
  • Treinar uma poderosa força de vendas
  • Melhorar o serviço ao cliente
  • Ajudar com mudança e gerenciamento de conflitos
  • Auxiliar na contratação, recrutamento, colocação, promoção, terceirização
  • Melhorar a experiência de aconselhamento ou treinamento

Todos os estilos e prioridades da DISC são igualmente valiosos.

Todos somos uma mistura de todos os quatro estilos.

O trabalho, gerenciamento e estilos de liderança também são influenciados por outros fatores, como experiências de vida, educação e maturidade.

Ganhar uma melhor compreensão de si mesmo é o primeiro passo para tornar-se mais eficaz, quando se trabalha com outros.

Aprender sobre os estilos DISC de outras pessoas com quem você trabalha ou pode viver pode ajudá-lo a entender a prioridade dessas pessoas e como elas diferem das suas.

Você pode melhorar a qualidade do seu local de trabalho, local de culto, lar ou outros locais usando o DOSC para construir relacionamentos mais eficazes.

DISC

Benefícios da utilização da Metodologia DISC

As avaliações DISC são usadas em todo o mundo em milhares de organizações de todos os tamanhos, grandes agências governamentais e organizações sem fins lucrativos.

O sistema DISC é utilizado com sucesso para ajudar as pessoas aprenderem a trabalhar de forma mais eficaz com outras pessoas.

No recrutamento e avaliação profissional, você precisa obter os insights mais poderosos sobre as forças motrizes por trás de uma personalidade.

Um perfil DISC pode dar-lhe essa visão, com base em uma técnica psicométrica padrão do setor para criar os relatórios individuais mais avançados disponíveis em qualquer lugar.

Com base em um questionário simples e direto de personalidade, é possível compilar um relatório detalhado e informativo que diz tudo o que você precisa saber sobre uma pessoa, desde suas motivações internas até seu estilo de trabalho.

A tarefa de um gerente, por exemplo, é orquestrar as pessoas para fazerem o trabalho.

Lidar com as pessoas é em grande parte uma arte, mas aplicar metodologia DISC às interações das pessoas aumenta a eficácia e tira parte do mistério do processo.

Independentemente do seu estilo natural, quanto mais gerentes aprenderem sobre como ler as pessoas, eles serão mais rápidos e facilmente capazes de se relacionar e dar direção e suporte para seus funcionários.

O conflito será diminuído, tanto entre eles quanto seus funcionários, bem como entre os funcionários.

Em vez de passar o dia inteiro em conflitos de personalidade, eles poderão navegar as diferenças individuais e capacitar os funcionários para se comunicarem de forma mais eficaz.

Os gerentes são responsáveis pela produtividade de suas equipes, facilidade de administração e resultados memoráveis e verificados.

Os erros de comunicação, as frustrações e os atrasos são minimizados quando falar o idioma de cada pessoa, com base em seu estilo DISC individual.

A confiança é construída mais rapidamente, a delegação é suave e os funcionários se sentem mais comprometidos e motivados.

Os gerentes podem se concentrar mais em eliminar as barreiras e ajudar a desenvolver suas pessoas com base em seus pontos fortes naturais, em vez de entrar em círculos tentando levar as pessoas a entender o que estão dizendo.

Simplifica a comunicação, reduz o conflito e possibilita a concentração no negócio em vez de lidar com problemas das pessoas o dia todo.

Como uma força de vendas pode usar o DISC?

Existem duas maneiras de abordar a venda – vender um produto ou vender uma solução.

Vender uma solução sempre gera mais vendas …

A chave para vender uma solução, no entanto, é reconhecer que você está vendendo a solução para o problema de alguém!

Isso significa que você precisa entender as pessoas para realmente conseguir resolver seus problemas e poder recomendar soluções que funcionem para elas.

Ao utilizar a avaliação DISC, os profissionais de vendas aprendem a decodifica” as pessoas.

Eles aprendem a reconhecer as pistas comportamentais, entendem os fatores motivadores, medos e prioridades de compra dos seus clientes.

Eles então aprendem a falar o idioma exclusivo de seus clientes para que eles se sintam ouvidos e entendidos.

À medida que os vendedores respondem falando no idioma dos clientes, o cliente confiará mais neles e, mais facilmente, ouvirá as soluções que o vendedor está oferecendo.

Sentirá o vendedor como um conselheiro confiável, ajudando a resolver seu problema.

E isso aumentará as vendas, repetirá negócios, ampliando a referências de clientes!

Como os gerentes de RH usam o DISC?

Diretores de RH são geralmente responsáveis ​​por criar e apoiar sistemas e processos que permitirão que sua empresa maximize a eficácia no ciclo de vida dos funcionários.

Desde a pré-seleção até a seleção, do coaching ao desenvolvimento de carreira, do gerenciamento de desempenho para aposentar ou demitir, o RH precisa acomodar múltiplas necessidades e perspectivas ao longo do caminho.

Um dos maiores desafios é a criação de uma cultura com sistemas de apoio que unifica a força de trabalho, ao mesmo tempo em que atende às necessidades dos indivíduos.

Os litígios potenciais podem ser evitados à medida que as questões comportamentais são geradas para serem usadas em entrevistas estruturadas.

Uma vez comparado com as avaliações da DISC, isso pode fazer parte de um processo de seleção, contratação e onboard para assegurar um “bom ajuste” entre candidatos e colocação de trabalho.

O gerenciamento e colocação de carreira torna-se uma aposta mais segura, uma vez que os funcionários melhor compreendem a si mesmos e os gerentes compreendem melhor as necessidades, os pontos fortes e os interesses dos seus empregados.

O investimento é salvo e o aborrecimento é minimizado, ao fazer com que as pessoas ocupem os postos certos e reduzindo o volume de negócios e a insatisfação no trabalho.

Utilizar a metodologia DISC, cria uma cultura na qual os gerentes e funcionários também aprendem a construir relacionamentos baseados em confiança, evitar e gerenciar conflitos, dar e receber feedback e tomar decisões melhores e mais robustas, valorizando e capitalizando as diferenças.

Esses fatores levam a um maior envolvimento dos funcionários e aumento da produtividade.

Isso é algo com o qual o RH pode ficar entusiasmado!

Como os membros da equipe se beneficiam com o uso do sistema DISC?

A metodologia auxilia a entender as diferenças naturais entre as pessoas.

Quanto mais percebemos que as pessoas não estão fazendo as coisas apenas para nos irritar, mais podemos aprender a aceitar não só seus comportamentos, mas a valorizar essas diferenças e trabalhar em conjunto para conseguir transformá-las em pontos positivos.

Elas agem dessa forma, simplesmente porque é assim que elas conseguem ter suas necessidades motivacionais naturais atendidas, o que lhes proporciona segurança psicológica.

Ninguém gosta de se envolver com conflitos de trabalho, e o sistema DISC fornece um idioma e um processo para evitar e minimizar os conflitos.

Também aumenta a autoconsciência individual e ajuda os membros da equipe a aprender como posicionar-se para o sucesso – na equipe, empregos e empresas que melhor se adaptem às suas forças, interesses e estilos.

O DiSC também ajuda os membros da equipe aprenderem a se adaptar e serem flexíveis em seus estilos para que eles possam gerenciar seus comportamentos e emoções, sendo mais bem sucedidos no local de trabalho.

Todos nós temos partes de nossos empregos que nos convidam a usar comportamentos que não são tão confortáveis.

O DiSC nos ajuda a sermos mais flexíveis para atender a essas necessidades, sem estresse.

Além disso, quanto mais entendemos nossas tendências comportamentais naturais, melhor podemos gerenciar nosso tempo, sabendo quando precisamos trabalhar com os outros, quando precisamos trabalhar sozinhos, o que vai nos dar energia e o que vai afastar energia de nós.

>> Clique Aqui e conheça o Software RH Gratuitamente <<

5 (100%) 11 votes

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.