Como fazer o currículo perfeito

Tempo de leitura: 7 minutos

Você sabe se o processo que você está usando para procurar emprego não está ultrapassado? Esta questão é muito importante, tendo em vista que os ambientes de trabalho evoluíram em um ritmo alucinante de uns tempos para cá. Por isso, seu currículo também deve acompanhar essa evolução.

Atualmente, a grande maioria dos currículos está em plataformas digitais. As plataformas, fóruns e sites especializados no recrutamento e banco de currículos, geralmente, usam ferramentas para classificar e selecionar os currículos dos candidatos e associá-los às vagas que os candidatos podem se encaixar.

Dessa forma, o seu currículo dá aos gerentes de contratação uma dica do que você acredita como sendo as suas realizações profissionais mais importantes. Por isso que um estilo de currículo desatualizado pode transmitir que você é um profissional ultrapassado, que não acompanha as mudanças tecnológicas e possui incapacidade de se manter de acordo com as últimas tendências.

como-elaborar-bom-curriculo

Essa situação, obviamente, pode prejudicar suas chances de ser selecionado para uma entrevista. Sendo assim, qual o melhor formato de currículo atualmente?

Certamente, não há apenas uma resposta para essa pergunta, mas neste texto iremos dar algumas dicas de formatação para você adequar seu currículo e obter sucesso na busca por uma vaga. Confira:

  • Que tipo de arquivo devo usar?

arquivo-digital

Há uma infinidade de opções de formatos de seu currículo, sendo os mais comuns o PDF, o Microsoft Word (.doc e, mais recentemente .docx) e o texto simples.

Tenha o seu currículo disponível em vários formatos, incluindo PDF e Microsoft Word (.docx), que são os mais comuns. Alguns empregadores solicitam um formato específico. Quando isso ocorrer, adapte seu currículo para o formato pedido.

Enquanto um documento PDF pode mostrar que você é cuidadoso com a formação, os documentos do Microsoft Word são fáceis para o leitor copiar, colar, exportar para outro formato e até mesmo editar, conforme seja necessário.

  • Quantas páginas o currículo deve ter?

    2paginas-

Idealmente, o seu currículo deve caber em uma página. Ter um currículo de várias páginas pode parecer uma ótima maneira de enfatizar uma grande quantidade de experiência, mas, na realidade, isso significa apenas que o seu currículo não irá ser lido na íntegra.

Os gerentes de contratação gastam uma média de seis segundos lendo cada currículo. Isso quer dizer, que é preciso agregar somente as informações que realmente são relevantes, já que há ainda recrutadores que dispensam currículos com mais de uma página. Sendo assim, o conteúdo do currículo deve ser focado na qualidade e não na quantidade.

Por isso, gráficos, imagens e outros conteúdos podem ser extremamente desnecessários. Prime pela simplicidade e objetividade.

  • O que devo incluir?

escrevendo-curriculo

Esta é a grande dúvida dos profissionais: O que incluir no currículo?

Deve-se incluir a escolaridade? Que habilidades devem ser listadas? Qual a ordem de tudo isso?

Você deve atentar para o tipo de trabalho que está buscando para a partir daí relatar as experiências que possui em sua trajetória profissional. Se você busca um trabalho de vendas, não deve colocar que já trabalhou como massagista, por exemplo.

Ao escolher habilidades para incluir em seu currículo, foque apenas naquelas que dizem respeito ao trabalho que você está procurando. Sempre escreva para seu público e considere o que é importante para o recrutador saber para escolher você para uma entrevista de emprego.

Para muitos cargos, a graduação que você fez pode não ser tão importante. Mas, o fato de você ter um curso superior pode contar como um diferencial.

Por isso, você deve incluir sua formação em seu currículo. Já graduações e cursos profissionalizantes incompletos devem ser excluídos se não estiverem de acordo com a vaga a ser pleiteada. Este é um caso para se analisar individualmente.

 

Como posso listar a minha experiência de trabalho?

experiência-profissionalQuando se trata de falar sobre sua experiência anterior de trabalho, há duas maneiras principais de se fazer isso. O método mais comum é aquele do currículo tradicional, que lista os empregos anteriores em ordem cronológica inversa, onde cada trabalho possui seu espaço com um pequeno resumo dos detalhes mais importantes.

Os prós desse tipo de modelo são:

  • Oferece uma visão da sua trajetória profissional;
  • Permite ao recrutador conhecer suas habilidades e em que você já trabalhou;
  • Mostra que você é um profissional consistente.

Já os contras são:

  • Pode fazer as lacunas entre empregos parecerem mais aparente;
  • Ocupa muito espaço;
  • Pode ficar cansativo para o recrutador ler.

Sendo assim, uma regra de ouro seria limitar as experiências listadas com trabalhos relacionados a área que você está procurando.

Por exemplo: Se você está em busca de uma colocação como desenvolvedor de software, listar seu emprego como garçom é totalmente irrelevante.

Já se você possui décadas de experiência, considere listar somente os empregos mais recentes e a seguir coloque um tópico “Experiências profissionais anteriores” e liste apenas os empregadores anteriores, cargos e mês e ano de entrada e saída.

A segunda opção é um formato de currículo funcional que se concentra mais sobre o que você pode fazer do que você já fez.

Neste tipo de currículo, suas habilidades são o centro das atenções. Este é um formato interessante para pessoas que estão começando suas carreiras ou mudando de área ou ainda para aqueles que possuem grandes lacunas em suas histórias profissionais.

Os prós desse formato mais funcional são:

  • Descrição dinâmica das habilidades e competências dos profissionais;
  • Esconde lacunas na trajetória profissional, tornando-os menos aparente.

Em contrapartida, os contras são?

  • Muitos gerentes de contratação enxergam este formato como um esforço deliberado para obscurecer o histórico de trabalho do candidato.

Contudo, um formato funcional pode ser incorporado em um currículo híbrido, em que a experiência de trabalho ainda esteja listada em ordem cronológica, mas as habilidades também são enfatizadas ao longo da descrição de cargos ocupados.

Os prós do currículo híbrido são:

  • Dar destaque para atividades que você fez recentemente;
  • Diminui lacunas na trajetória profissional, as tornando menos evidente, mas sem esconder nada do recrutador.

Os contras seriam:

  • Pode ficar um pouco confuso para o recrutador seguir a experiência de trabalho em ordem cronológica;
  • Qual o melhor formato de currículo para você?

rh-11

Agora que você conhece um pouco sobre os formatos de currículo, como escolher melhor formato para você?

O melhor currículo é aquele que se adequa ao cargo que você pretende disputar e lhe valoriza como profissional. Se você possui pouca experiência profissional, talvez seja melhor apostar em um currículo que enfatize mais as suas habilidades, por exemplo.

  • Dicas para escrever o conteúdo currículo

    dicas-para-fazer-curriculo

  • Ao fazer seu currículo, não tenha medo de destacar informações importantes. Se você acha que há alguma informação que o recrutador realmente deve atentar, não hesite em destacar em negrito ou sublinhar para chamar a atenção;
  • Não se concentre em tarefas rotineiras, ao invés disso, valorize aquilo que você realmente realizou em cada cargo, em especial aquilo de extraordinário. Lembre-se que o currículo deve lhe vender como candidato;
  • Sempre tenha o seu currículo revisado por alguém. Seu cérebro tem uma tendência para preencher as lacunas e corrigir erros de ortografia daquilo que você produziu enquanto você lê. Por isso, para ter mais segurança naquilo que você irá apresenta, peça para alguém com a “mente descansada” revisar seu currículo;

Com essas dicas, certamente, você será capa de criar um currículo moderno e eficiente, que irá ser crucial para sua entrada no mercado de trabalho.

>> Clique Aqui e conheça o Software RH Gratuitamente <<

5 (100%) 10 votes

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.